fabiane.png
_DSC1827.JPG

Conheça Fabiane

Terapeuta Sistêmica

Sou Terapeuta Sistêmica e Consteladora Familiar.

Apaixonada por desenvolvimento humano e autoconhecimento. Desde 2015 iniciei minha busca por desenvolvimento pessoal através da formação em Coaching pela SGC, formação em Practitioner em Programação Neurolinguística, Comunicação Generativa e Master em PNL pela Escola Livre, formação em Constelações Familiares pelo Grupo Scalcko. Nessa busca, encontrei muitas  respostas e soluções para questões minhas e atualmente ajudo pessoas a se reconectar com sua força interior, através da abordagem sistêmica, buscando soluções que conduzem para uma vida mais leve e relacionamentos saudáveis. Grande abraço, Fabiane.

Nossos Serviços

Terapia Sistêmica

image.jpg

1h
R$130,00

Constelação Individual com Bonecos

image.jpg
Constela%C3%A7%C3%B5es-Bonecos-1200x800_edited.jpg

1h
R$240,00

O que é Constelação Familiar?

Constelação familiar é uma abordagem terapêutica que foi desenvolvida e disseminada pelo alemão Bert Hellinger. Segundo essa abordagem, os sintomas são nossos amigos e estão ali para mostrar algo que não vemos. Eu costumo dizer que a constelação familiar é como um raio x interno. Ela não cura o sintoma, ela mostra a imagem interna que causa esse sintoma. Ela traz a luz o que está além do aparente. O aparente pode ser por exemplo, uma dificuldade no relacionamento amoroso, na vida financeira, prosperidade, pode ser fracasso profissional, insegurança, uma tristeza ou vazio sem motivos significativos, brigas familiares, entre outros sintomas.

 A Constelação familiar leva em consideração que somos produto de nossos ancestrais e que carregamos energeticamente fatos e questões mal resolvidas que permeiam nossa família. Esses fatos mal resolvidos formam emaranhamentos, como se fossem “nós” que travam ao nosso “fluir na vida” e se manifestam em forma de doença, desentendimentos, problemas afetivos, falta de emprego, dificuldades em geral que tornam nossa vida mais pesada.  E é justamente nesse ponto, que faz com que nossa vida pareça pesada, que a constelação familiar nos faz “olhar”. Algo lá atrás que esteve em desordem causando esse “emaranhamento” pode perdurar até hoje de forma que estejamos repetindo esse padrão familiar, como um chamado a olhar para essa questão e colocar em ordem.  

Então a pessoa leva esse tema, a sua dificuldade para a constelação, que é visto através do fenômeno da representação, que pode ser por pessoas, bonecos, âncoras de solo. E então percebemos o que está oculto, o que está em desordem. A solução é dada a partir da mudança de postura em relação ao que veio à luz na constelação, baseado em três leis sistêmicas (ordem, pertencimento e equilíbrio)  e a partir dessa percepção é possível uma mudança de postura interna. É como se tirássemos o véu e passássemos a "ver" os fatos com um novo olhar. Um olhar com mais amor àquilo que antes gerava dor, colocando em ordem o que estava em desordem e passando a ocupar o nosso lugar de força no nosso sistema familiar.  Esse novo olhar nos possibilita seguir livre para uma vida mais leve.

Constelação não é mágica, não é religião, não tem a ver com espiritismo, nem teatro.
Constelação é reconexão com a nossa força interior. É reconciliação através da inclusão e do amor maior.

Método Terapêutico que te conduz para uma vida mais leve

Ao nascer, uma pessoa carrega características genéticas relacionadas aos traços físicos e também características comportamentais e emocionais. Porém nossa ancestralidade é muito mais complexa do que podemos imaginar. O filósofo, teólogo e psicólogo alemão Bert Hellinger criador das Constelações familiares, após conviver por 16 anos com a tribo dos Zulus, na África do Sul, e estudar profundamente diferentes correntes dentro da psicologia, concluiu que nós seres humanos estamos conectados aos nossos antepassados por meio de um campo morfogenético. Segundo Hellinger, essa nossa conexão familiar faz com que as vivências de nossos antepassados , bem como suas crenças, valores, doenças, traumas e dores são registradas como uma espécie de memória que pode ser passada por gerações. Por esse motivo, é possível que algumas dificuldades presentes em nossa vida, como por exemplo, dificuldades no relacionamento amoroso, em ter sucesso profissional, dificuldade financeira, fracasso ou até mesmo uma doença, sejam decorrentes de alguma situação vivida, por exemplo, por nossos avós.

De forma consciente, dificilmente conseguimos acessar a raiz de nossas dificuldades. No entanto, existe um método capaz de trazer à luz o que está oculto em nosso sistema e que gera esses emaranhamentos herdados de nossos ancestrais: a CONSTELAÇÃO FAMILIAR.

20200908_165544.jpg

Do Meu Blog